O gestor deverá saber os valores exatos a cobrar em seu negócio, por isso, daremos algumas sugestões, para que seus preços sejam corretos.

Temos 2 custos: Os fixos (que toda clínica ou consultório devem ter, independentes do número de pacientes), como maca, estetoscópio, balança, jaleco e aferidor de pressão e os variáveis ( eles dependem dos números de pacientes e serviços realizados), como bloco de receituário, higiene do material/local do trabalho e as luvas.
As despesas são relacionadas à parte administrativa, é o total dos outros gastos da clínica: água, luz, manutenção, salários dos funcionários, equipamentos, alimentação, impostos etc.
Separe os seus gastos nas categorias adequadas, para que sua precificação esteja correta e não acarretem consequências desastrosas.
Para calcular preços dos procedimentos, os custos, despesas e margem de lucro esperada deverão estar inclusas no valor total.
Se os valores dos seus concorrentes estão muito acima ou abaixo dos cobrados em seu consultório, você precisará se adequar ao mercado.
Uma boa gestão é eficaz para o bom funcionamento do seu negócio e fidelização de seus pacientes, que buscam atendimento, serviços de qualidade e preços acessíveis.

Imagem Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>