Quando você decide abrir uma clínica ou consultório, fica na dúvida se chamará uma pessoa para ser sócia ou não. Ter um sócio possui algumas vantagens e desvantagens que precisam ser analisadas, para que assim você possa realizar a melhor escolha.
Vamos entender melhor:
Quando você encontra pessoas com perfis e objetivos iguais aos seus, a sociedade é uma excelente opção, desde que tudo seja bem explicado e resolvido desde o começo, como distribuição de lucro, atendimento aos pacientes,  quem vai administrar as finanças, etc…
Existem alguns tipos de sociedades, como a simples e a limitada. Uma das diferenças é que na  simples o pagamento de dívidas pode ser feito pelos bens pessoais dos sócios e na limitada não.
Para que problemas sejam evitados dentro da sociedade, os sócios devem estar abertos para cederem e ouvir o companheiro, mantendo sempre a harmonia, o bom funcionamento da clínica ou consultório, além das finanças bem geridas e transparentes, evitando desconfiança de um dos lados.
Ao optar por administrar o consultório ou clínica sozinho, todas as decisões serão somente suas. Você terá total autonomia e também, mais responsabilidades.
Então o que fazer? Se você depois de uma rigorosa análise de aptidão, horários, personalidade e refletindo se prefere tomar decisões sozinho, o consultório próprio é uma boa alternativa. Agora se você gosta de trabalhar em grupo, tem um bom relacionamento com profissionais que tenham os mesmos objetivos e fica com receio das inúmeras tarefas que precisará exercer, a sociedade é a melhor opção.
O importante é estar envolvido com o seu negócio, disposto a inovar e enfrentar os desafios, para o melhor desempenho para sua clínica.
Procure sempre um advogado e um contador para o esclarecimento de todas as dúvidas.

Imagem Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>