A saúde de seus pacientes é tão importante quanto a saúde financeira da sua clínica ou consultório, que precisa de cuidados especiais para que funcione plenamente e atenda de forma completa e eficiente.

O setor financeiro movimenta toda a estrutura de qualquer empresa. Sua gestão deve ser metódica e perfeita, exigindo cuidados especiais, para que não ocorram riscos que podem levar ao fechamento de seu negócio.
O gerenciamento financeiro eficiente é necessário para que ocorra um bom funcionamento de equipamentos, condições de melhor atendimento e tratamento para os pacientes, além do bem estar, tanto deles quanto dos funcionários da clínica.
Selecionamos algumas dicas para você:

Fluxo de caixa: Toda empresa precisa fazer o fluxo de caixa. O responsável pela administração necessita dedicar cuidados aos gastos que a clínica possui, como estrutura e pessoal. Deve ser registrado todas as movimentações financeiras do negócio, das menores diárias, desconsideradas muitas vezes, às de volume bem alto de transações.
Utilize um software médico para cumprir essa demanda. Conheça mais sobre o CódigoMed clicando aqui.

Tecnologia: Atrai o interesse e é bem prático. Um bom software médico proporciona facilidade no acesso das informações para os médicos, pacientes (onde eles podem agendar suas consultas e exames) e funcionários.
Auxiliam na organização das contas para receber e pagar, trazendo agilidade aos inúmeros processos internos da clínica, aumentando a produtividade de toda a equipe envolvida.

Ajuda especializada: Uma assessoria facilita a gestão e em alguns casos, evita erros, como as informações corretas para passar para a Receita Federal. Com a ajuda de um contador, os médicos podem se dedicar mais em suas atribuições.

Fundo de reserva: Momentos de crise, seja por fatores internos, como quebra de algum equipamento importante ou externo, como uma crise econômica mundial, podem ser enfrentadas por qualquer empresa, por isso, o gestor realmente competente fará a reserva de dinheiro, porque se passar por algum momento financeiro difícil, sofrerá menos impacto, com recursos reservados para esses momentos.

Não misturar contas pessoais e da clínica: Não se deve utilizar dinheiro do seu negócio quando surgir alguma despesa em sua casa, pois isso atrapalha o controle financeiro e esconde a situação em que ela se encontra. Esse dinheiro poderia ser revertido para compra de algum aparelho importante ou contratação de um funcionário.
Você também não pode utilizar suas finanças pessoais para atender às da clínica.

Planejamento: Planeje com consciência, estabeleça metas que podem ser atingidas. Um bom planejamento exige o registro dos gastos e prever faturamentos.
Observar e analisar o planejamento permite que o médico avalie o crescimento de seu negócio e onde deve investir.

Ampliar conhecimentos em planejamento financeiro: Em qualquer atividade financeira o gestor deve se manter em constante atualização, porque em um mundo em contínua transformação, é importante se manter informado sobre novas ferramentas e conceitos de gestão, participando de cursos sobre sua área. Quem reconhece a importância desses conhecimentos, sai na frente.

Com essas dicas, a saúde dos seus pacientes e de sua empresa estarão em perfeita ordem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>